Apesar da necessidade do brincar livre e da brincadeira arriscada ser um tema falado entre os especialistas em desenvolvimento infantil, a maioria dos adultos ainda não compreende de fato os seus benefícios no desenvolvimento cerebral dos pequenos. Infelizmente, vemos muita restrição imposta às crianças pelos adultos durante as brincadeiras e temos retirado das novas gerações a autonomia necessária para um desenvolvimento global saudável.

Um conceito antigo que desafia os adultos atualmente e mostra a importância de dar liberdade às crianças é o “Adventure Playground” (Playground de Aventura). Criado na Dinamarca na década de 1940 e ampliado na Inglaterra, o Adventure Playground é um tipo de parquinho que se utiliza de materiais naturais, ferramentas diversas e objetos recicláveis para estimular crianças de todas as idades a desenvolver várias habilidades para a vida através do brincar livre, arriscado e com pouca intervenção dos adultos. Nos últimos anos este formato de parquinho tem ganhado força novamente nos Estados Unidos, Inglaterra, Japão e Alemanha.

Em tempos de excesso de tecnologias avançadas e de altos índices de transtornos emocionais na infância é cada vez mais urgente repensarmos as nossas atitudes com relação às crianças e oferecermos a elas experiências que realmente promovam o bem-estar físico, mental e social.

Um exemplo bacana é o Play:groundNYC em Nova Iorque, uma iniciativa que resgata e devolve às crianças a liberdade para brincar livremente. Veja o vídeo deste projeto logo abaixo e em seguida, se você quiser se aprofundar no tema do Adventure Playground, assista ao documentário “The Land”.